Sobre o Procedimento


Sobre o Procedimento

Um hemangioma consiste em um acúmulo denso de vasos sanguíneos que pode acontecer tanto sobre a pele, em qualquer parte do corpo, quanto em órgãos internos do organismo.

Em média, 30% dos hemangiomas estão presentes já no nascimento. Existem muitos tipos de hemangiomas, entre aqueles que acometem crianças, os mais comum são:

 - Hemangioma congênito: está completamente formado ao nascimento e pode ser detectado por ultrassonografia antes mesmo do nascimento.

 - Hemangioma infantil: pode ser notado nas primeiras semanas de vida, cresce rapidamente nos primeiros meses até cerca de um ano para então iniciar um processo de involução espontânea.






 
TEMPO DE INTERVENÇÃO

Depende do local.

HOSPITALIZAÇÃO

Depende do local.

EFEITOS

Duradouros.

ANESTESIA

Geral.

RECUPERAÇÃO

Depende do local.

RESULTADOS

Duradouros.

Ainda tem dúvidas?

Envie suas perguntas para o Dr. Luiz Otavio

Nome E-mail Telefone Observações

Como diagnosticar

Os hemangiomas devem ser distinguidos das mucoceles, das manchas e malformações vasculares e de outros tumores vasculares da infância.

Diante desta informação, o diagnóstico diferencial pode ser estabelecido de forma simples e segura pela anamnese, exame clínico, e por manobras semiotécnicas, como a vitropressão.

Dependendo do tamanho e da localização, podem ocasionar assimetria facial ou interferir na função dos órgãos envolvidos.

O auxílio da imagem, é crucial para o diagnóstico radiológico. Utiliza-se preferencialmente angioressonância magnética e o ultrassom doppler.
 

Tratamento

Caso o hemangioma seja realmente muito grande, um procedimento de embolização por meio de injeção de agentes embolizantes  pode ser realizado previamente, visando reduzir o seu tamanho, através da técnica de cateterismo, uma punção minimamente invasiva na artéria da virilha.
PERGUNTAS FREQUENTES

Dúvidas sobre Embolização de Hemangioma

Qual a importância do diagnóstico precoce?
Um hemangioma pode causar transtornos dependendo do local em que se encontra, causando deformidades superficiais ou deslocamento de órgãos internos. Há também, depedendo do tamanho e localização, o risco de sangramento espontâneo. Por esse motivo o diagnóstico precoce é fundamental para que profissional capacitado possa agir o mais rápido possível, evitando o crescimento.
Quais os sintomas dos hemangiomas?
Quando o hemangioma é superficial, é mais fácil notá-lo. Se é de algum órgão interno, pode causar compressão e dor, dependendo do crescimento e topografia. A principal complicação é o sangramento, que pode aparecer na forma de um choque hemorrágico ( queda de pressão, mal estar, dor, desfalecimento, palidez etc ).
VEJA TAMBÉM

Outros procedimentos

Embolização de Próstata

A hiperplasia prostática benigna, conhecida como HPB é um tipo o tumor benigno mais frequente na população masculina. A doença é de alta prevalência e acomete homens a partir dos 50 anos.

VER PROCEDIMENTO TIRE SUAS DÚVIDAS
Embolização de Hemangioma

Um hemangioma se caracteriza por um acúmulo anormal de vasos sanguíneos na pele ou nos órgãos internos que pode ocorrer em qualquer parte do corpo. Ele geralmente leva ao aparecimento de uma área inchada e com uma mancha avermelhada ou arroxeada, que variam bastante em tamanho, forma e cor.

VER PROCEDIMENTO TIRE SUAS DÚVIDAS
Embolização de malformação arteriovenosa

A malformação arteriovenosa (MAV) é basicamente uma conexão anormal entre artérias e veias. As MAVs não apresentam sintomas específicos e por isso são descobertas por acaso.

VER PROCEDIMENTO TIRE SUAS DÚVIDAS