Sobre o Procedimento


Sobre o Procedimento

A drenagem biliar percutânea é uma alternativa segura e eficaz para tratar as obstruções biliares.

Ela pode ser usada para descomprimir os ductos biliares se eles são bloqueados por uma lesão (tumor) ou um cálculo. 
 
TEMPO DE INTERVENÇÃO

1 hora.

HOSPITALIZAÇÃO

24 horas.

EFEITOS

1 semana

ANESTESIA

Local.

RECUPERAÇÃO

3 a 7 dias.

RESULTADOS

Duradouros.

Ainda tem dúvidas?

Envie suas perguntas para o Dr. Luiz Otavio

Nome E-mail Telefone Observações

Como diagnosticar

Para saber se o seu caso, é um caso em que se necessita de drenagem via biliar, basta lembrar que, drenagem biliar é realizada para tratamento da icterícia (pele amarelada) de causa obstrutiva.

A obstrução das vias biliares pode ocorrer por cálculos que migraram da vesícula biliar para o colédoco, estenose biliar pós cirúrgica, fístulas biliares pós cirúrgicas, estenose de papila duodenal  ou compressões tumorais (câncer hepático, hepatocarcinoma, colangiocarcinoma, metástase hepática ou câncer de pâncreas).


 

Tratamento

A drenagem biliar percutânea é uma alternativa segura e eficaz para tratar as obstruções biliares. Ela pode ser usada para descomprimir os ductos biliares se eles são bloqueados por uma lesão (tumor) ou um cálculo.

Poucas são as potenciais complicações do método, uma delas é o sangramento no trato biliar, geralmente a partir de uma veia. Isso normalmente não precisa de tratamento, pois ele se resolve na maior parte das vezes.

Uma complicação rara é hemorragia grave, que requer uma transfusão de sangue e/ou outras intervenções, tais como cirurgia ou embolização dos vasos.
PERGUNTAS FREQUENTES

Dúvidas sobre Drenagem de Via Biliar

É sempre possível ultrapassar a obstrução e implantar o dreno biliar até o intestino?
Algumas vezes a obstrução é tão importante que não é possível nem passar um fino fio no primeiro momento. Isto decorre muitas vezes da inflamação associada causada pelo acúmulo de bile. Nestes casos, um dreno é mantido acima da obstrução, dentro da via biliar, para drenar a bile e aliviar a potencial colangite. Após uma semana, este procedimento poderá ser repetido afim de realizar a drenagem interna (ultrapassando a obstrução).
Quais sintomas irão melhorar após o procedimento e em quanto tempo o amarelado da pele desaparecerá?
Após o tratamento, o amarelado da pele (icterícia) deverá desaparecer entre 10-14 dias, melhorando também todos os outros sintomas (prurido, urina escura e fezes claras). Poderá melhorar parcialmente a fraqueza, falta de apetite e eventual febre e calafrios.
Como é realizado a drenagem biliar?
A drenagem via biliar, consiste em realizar uma punção com uma agulha fina, que penetrará no interior do fígado até encontrar uma via biliar dilatada. Está punção é orientada pela ultrassonografia que irá guiar a agulha até a via biliar. Já no interior das vias biliares, são introduzidos fios e cateteres, que devido a sua maleabilidade e fino calibre, conseguirá ultrapassar a lesão obstrutiva até alcançar o duodeno. A partir daí um dreno é então avançado, permitindo então restaurar o caminho natural da bile (produzida no fígado e encaminhada pelo dreno até o duodeno).
Como a bile é produzida?
A produção da bile ocorre por meio da incorporação de pigmentos resultantes do processo de destruição de eritrócitos pelo fígado. É produzida continuamente, cerca de 250 ml a 1 L por dia, e parte é lançada pelo ducto colédoco no duodeno e parte é armazenada na vesícula biliar. A drenagem biliar é realizada para tratamento da icterícia (pele amarelada) de causa obstrutiva.
O que é a bile? Qual sua função?
A bile é uma secreção produzida pelo fígado e armazenada na vesícula biliar. É composta por diversas substâncias, sendo as principais: água, sais biliares, colesterol e bilirrubina. Possui importantes funções, sendo essencial para a digestão e absorção de gorduras e algumas vitaminas.
Em quanto tempo o tom amarelado da pele irá desaparecer?
Após o tratamento, o amarelado da pele (icterícia) deverá desaparecer dentro de uma semana.
Para que pacientes é indicado a drenagem biliar?
O procedimento é indicado para o tratamento da icterícia (pele amarelada) de causa obstrutiva. Essa obstrução pode ocorrer por cálculos que migraram da vesícula biliar para o colédoco, fístulas biliares pós cirúrgicos, estenose biliar pós cirúrgica, estenose de papila duodenal ou compressões tumorais (câncer hepático, hepatocarcinoma, colangiocarcinoma, metástase hepática ou câncer de pâncreas).
VEJA TAMBÉM

Outros procedimentos

Embolização de Próstata

A hiperplasia prostática benigna, conhecida como HPB é um tipo o tumor benigno mais frequente na população masculina. A doença é de alta prevalência e acomete homens a partir dos 50 anos.

VER PROCEDIMENTO TIRE SUAS DÚVIDAS
Embolização de Hemangioma

Um hemangioma se caracteriza por um acúmulo anormal de vasos sanguíneos na pele ou nos órgãos internos que pode ocorrer em qualquer parte do corpo. Ele geralmente leva ao aparecimento de uma área inchada e com uma mancha avermelhada ou arroxeada, que variam bastante em tamanho, forma e cor.

VER PROCEDIMENTO TIRE SUAS DÚVIDAS
Embolização de malformação arteriovenosa

A malformação arteriovenosa (MAV) é basicamente uma conexão anormal entre artérias e veias. As MAVs não apresentam sintomas específicos e por isso são descobertas por acaso.

VER PROCEDIMENTO TIRE SUAS DÚVIDAS